A nova lei Federal 10.097, de 19 de dezembro de 2000, para “facilitar o ingresso do jovem no mundo do trabalho”, garante “a formação técnico-profissional de jovens de 14 a 24 anos, dentro dos princípios da proteção integral do jovem” (dados do site www.leidoaprendiz.org.br, fora do ar). Conforme o site, as empresas médias e grandes são obrigadas, pela lei, a contratar um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do total de funcionários, cujas funções demandem formação profissional. Pode formar aprendizes, qualquer entidade sem fins lucrativos que tenha estrutura adequada para desenvolvimento de programas de aprendizagem. A Triunfo se disponibiliza para oferecer os serviços necessários para as organizações não-governamentais que desenvolvem projetos para atender essa nova realidade.